sábado, novembro 15, 2014

Resenha - Cartas de Amor aos Mortos


Sinopse: "Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop… apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky. Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escrever a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era — encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um — é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho."






Oie, gente! Mais uma resenha para vocês, eu disse que ia voltar com tudo (aquelas). 

Hoje vou falar para vocês um pouco de como foi ler "Cartas de Amor aos Mortos", ganhei o livro do meu lindo e maravilhoso Luke do blog Instante Literal, sempre ele.
O livro conta a estória de Laurel uma menina que acabou de perder a irmã, por esse motivo ela troca de escola para não encarar os amigos e não ter que ficar explicando sobre a morte ou tocar no assunto. Nessa escola  professora de inglês pede para como trabalho ela escreve uma carta de amor a algum morto e ela começa escrevendo uma carta para Kurt Cobain, pois ele era um dos cantores preferidos de sua irmã. É nessa carta que ela apresenta Sky um "garoto mistério" e que sabemos também que a sua irmã morreu e que ela amava muito a mesma.

"A arte de perder não é nenhum mistério;
tantas coisas contêm em si o acidente
de perdê-las, que perder não é nada sério." 
(Pág. 17)

Com o decorrer das cartas, vamos descobrindo que Laurel quer ser como a irmã e faz de tudo para se tornar como ela, ela faz amizade na nova escola e começa a viver a vida intensamente, porém ela nunca esquece das coisas que a sua irmã e usava roupas dela e até mesmo fazia coisas iguais, ela conhece melhor Sky e começa a namorar ele. 
Com o decorrer das cartas o mistério de como a irmã dela morreu começa a ficar para trás e a protagonista conta aos poucos o que ocorreu naquela noite. Laurel sofre muito com a perda da sua irmã, a separação dos pais e a ausência de sua mãe que mora na Califórnia. 
Não falarei mais sobre o que ocorre no livro pois se eu me empolgar darei muitos spoilers.

"Mas agora é como se eu tivesse medo de me aproximar demais,
tropeçar e derramar toda a tristeza que ele guardar.
(Pág. 38)

O que eu achei do livro?
Começar que... eu li muitas resenhas negativas desse livro e tenho que confessar que os meus sentimentos lendo esse livro foram os mesmos de "As Vantagens de Ser Invisível", claro que com algumas diferenças, pois "As Vantagens" é bem mais forte e bem melhor, mas eu consegui sentir o que a Laurel sentiu. Nunca passei pelas coisas que ela passou nessa transição para adolescência, mas consegui ver que realmente é difícil passar por tantas mudanças em tão pouco tempo e perder alguém que amamos é sempre ruim. 
Resumidamente eu amei o livro, eu vivi o livro, eu digerir o livro, com as minhas forças, eu queria acabar e queria que ele nunca tive fim. E acho que demorei tanto para terminar de lê-lo por conta disso, de querer mais. 

"Vai a um lugar onde nada disso existiu, 
onde sempre existiu, onde o tempo não existe,
só uma sensação que se prolonga eternamente.
Uma sensação da qual não consigo escapar. 
Sinto muito. É culpa minha."
(Pág. 153)

Basicamente isso. 
Tenho que agradecer a autora por ter escrito um livro tão magnifico.  
O livro foi publicado aqui no Brasil pela Editora Seguinte, e a capa eu achei maravilhosa, amei a mesclagem de cores e o céu, me fez lembrar noites de verão, e a folha como sempre amarelinha. 




Reações:

Quem escreve?

Quem escreve?

Facebook

Galeria de Fotos

Skoob

Copyright © Parte de Minha História | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com